Maré de azar ! Sindicato dos guardas municipais de São José de Ribamar entra com representação no MP contra Luís Fernando

A semana parece não ter uma notícia boa para o prefeito Luís Fernando da Silva , após não ter tido dois empréstimos reprovados pela Câmara Municipal da Cidade Balneária, agora o Sindicato dos Guardas Municipais representaram o gestor no Ministério Público.

A alegação seria que alguns “Guardas Patrimoniais” não teriam competência para atuar em 45 vagas destinadas à serviços exclusivos de Guardas Municipais, tal situação se agrava , pois uma vez provado tal situação , a Prefeitura seria responsável em indenizar os que estão em desvio de Função, vale ressaltar que no começo da gestão , o próprio prefeito exonerou mais de 70 guardas segundo levantamento feito , estavam com duplicidade de exercício, muito embora a maioria não comprometesse à carga horária.

As informações são que o sindicato está solicitando em caráter emergencial a realização de um concurso público tendo em vista o déficit que compromete à demanda da população, tendo em vista que 45 devem sair da função que estão ( desvio da função fim) e mais o contingente de mais de 70 exonerados , a prefeitura deve abrir rapidamente 115 vagas diretas para suprir a necessidade, além do mais , essas vagas já existem em meios financeiros, não podendo alegar falta de orçamento, pois não vagas ociosas.

O sindicato busca defender não só o direito dos Guardas , mas está atento aos desejos da sociedade em geral , fazendo assim um trabalho exemplar que todo cidadão e servidor espera.

Comentários