Profissionais terceirizados da Saúde são feitos de “Gato-Sapato”

O Blog Jamys Gualhardo vêm acompanhando a “loucura” em que os profissionais da saúde do estado tem sido tratado pelo governo, o caso se agravou ainda mais na última semana, e o que o Deputado federal Tiririca fala “Pior que tá não fica” , pois é, ficou ! Os profissionais não receberam os décimos terceiros em sua totalidade, além de terem seus direitos usurpados com o não pagamento dos encargos(INSS,FGTS), embora seja descontado todos os meses.

Esses mesmos profissionais ainda não receberam a verba rescisória desde a gestão da ICN, além de não poderem tirar suas férias, que, todos os trabalhadores devem ter para amenizar a carga e estress trabalhista que são submetidos, o pesadelo volta a assombrar os trabalhadores pois depois de 8 meses a empresa EMSERH parece querer romper o contrato quarterizado com a BioSaúde.

Por SindSaude

A Empresa Maranhense de Serviços sobre a situação contratual em face da Biosaude, informamos que afim de assegurar os direitos dos trabalhadores já adotados as seguintes medidas:

1- Com o objetivo de garantir o pagamento das verbas rescisórias e ainda para prevenir responsabilidades da administração pública, na última sexta-feira (05/01), expedimos notificações para Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH),Carlos Lula (Secretário de estado da saúde), Flávio Dino (Governador do Estado) e Rodrigo Maia (Procurador Geral do Estado);

2- Peticionamos à Superintendência Regional do Trabalho no Maranhão, com pedido de providências acerca das irregularidades praticadas pela Biosaude no que diz respeito ao não pagamento da 2a parcela do décimo terceiro e ausência dos recolhimentos de FGTS e Previdência dos Trabalhadores;

3- Peticionamos ao Ministério Público do Trabalho – PRT-MA 16a Região, com pedido de mediação em face da Emserh e Biosaude para garantir o pagamento de salários, encargos (INSS, FGTS), rescisões e Férias vencidas ou proporcionais.

4- ingressamos com a devida ação de bloqueio de bens da empresa Biosaude para garantir a efetivação dos créditos trabalhistas.

Por fim, informamos que o SINDSAUDE- MA estará diligente com relação aos fatos que se afiguram e ameaçam a garantia de condições adequadas de trabalho nas unidades de saúde do Estado do Maranhão.

 

Vamos continuar acompanhando essa novela que mexe com milhares de famílias…

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *