GUARDAS MUNICIPAIS DE RIBAMAR PEDEM VALORIZAÇÃO DA CATEGORIA

Os Guardas Municipais do município de São José de Ribamar vão fazer um “Bate Panelaço”nesta quinta-feira(10), às 15h, na Praça do Cruzeiro em São José de Ribamar-MA. A reivindicação é pela implantação do Plano de Cargos Carreira e Vencimentos (PCCV ) e as progressões de carreira.

Desde a gestão do ex-prefeito Gil Cutrim que os Guardas Municipais de Ribamar lutam pelo PCCV. De acordo com os líderes do movimento, o atual Prefeito , Luís Fernando, se comprometeu com a categoria, um ano antes da eleição para implantar o plano. Mas, até o momento nada foi resolvido.

Com a edição da Lei 13.022 de 8 de agosto de 2014, que instituiu as normas gerais para guardas municipais. A categoria ganhou função de polícia. No entanto, o treinamento recebido está insuficiente para a nova função. As horas aulas estão abaixo do recomendado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP). Além de proporcionar um aumento da carga horária de trabalho, sem a justa remuneração.

De acordo com Roberval Costa, a categoria apresentou uma proposta com salário base mais as progressões de carreira. No entanto, a Prefeitura se mostrou contrária à proposta.

“Fizemos uma proposta de nosso salário base ser de R$ 1.295,00. E ele tá fazendo a proposta de um salário base equivalente a um salário mínimo. Criou-se um impasse, por conta dessa discordância . Ele até agora não anunciou o projeto que já está pronto. Mas, ele tem que anunciar para ir para Câmara”, destacou Roberval.

Ainda segundo Roberval, a Secretaria Municipal de Transporte Coletivo, Trânsito e Defesa Social- SEMTRANS, já anunciou a mudança de carga horária.

O Coronel Gonçalo, que é o Secretário da SEMTRANS, do qual a Guarda é subordinada. Teria realizado a mudança de carga horária sem prévio acordo com a categoria , uma decisão unilateral, que, acreditam ser retaliação,  Roberval ainda ressaltou que a implantação do PCCV, vai permitir a progressão na carreira como é na Polícia Militar e em outras categorias análogas,”Hoje tenho 10 anos de serviço, e ganho o mesmo salário de quem entrou agora. O salário base é o salário mínimo pra todo mundo, quem tem 20 anos, quem tem 19 anos”, afirmou um Guarda.

Comentários