Profissionais das UPA’s estão revoltados sem parte do décimo terceiro salário

O blog Jamys Gualhardo noticiou na semana passada a situação dos profissionais da saúde de várias cidades do Maranhão, até hoje nunca foi solucionado e parece que não será.

São enfermeiros, motoristas, maqueiros e recepcionistas que chegaram hoje, dia 28, sem receber o complemento que faz falta para pagamentos de despesas ou para ajudar na festa da virada de ano.

Um funcionário que tem o salário de R$ 2.185,00 recebeu em Julho R$ 500,00. E agora caiu mais R$ 669,00, ficando portanto com mais de R$ 1 mil pra receber. Teve outros que ganharam até agora apenas R$ 80,00.

A Emersh é quem repassa os recursos para o instituto Biosaúde, e este faz o pagamentos dos funcionários. Caso o restante não saia até amanhã, aí só no próximo ano. A Justiça do Trabalho precisa agir em favor dos trabalhadores da saúde.

O engraçado é que a BioSaúde, empresa terceirizada, não pagou corretamente,mas a Emersh, que é a titular do contrato não “errou” os repasses nas contas dos profissionais.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *