Quinta-feira poderá amanhecer sem coletivos

O encontro realizado, nesta quarta-feira, entre empresários e trabalhadores do sistema de transporte de São Luís acabou se um acordo. A reunião aconteceu no gabinete da presidência do Tribunal Regional do Trabalho do Maranhão (TRT-MA) e a desembargadora Marcia Andrea decidiu em 4,08% o valor de reajuste do salário e do ticket alimentação dos trabalhadores. O Sindicato dos Rodoviários, que defende a categoria, no entanto, recorreu desta decisão e existe a possibilidade de uma nova paralisação nos próximos dias.

Os percentuais oferecidos pelos empresários, de acordo com o sindicato são bem inferiores ao que vêm sendo reivindicado: 13% de reajuste salarial e aumento de 490 reais para 650 reais, do valor do ticket.

Reunião foi realizada, nesta quarta-feira, na sede do TRT (Foto: Divulgação)
Reunião foi realizada, nesta quarta-feira, na sede do TRT (Foto: Divulgação)
A decisão provisória do TRT-MA leva em consideração a inflação no decorrer dos últimos doze meses, que atingiu em média, 3,35%. Depois de mais de três horas reunidos, as negociações entre Sindicato dos Rodoviários, sindicato patronal, Prefeitura de São Luís, representantes do governo, do TRT e Ministério Público do Trabalho, não avançaram e a situação segue sem definição.

“Caberá agora a entidade levar a decisão da Justiça ao conhecimento da categoria. Provavelmente, marcaremos uma assembleia geral para segunda-feira (19), para que os rodoviários decidam, através do voto, que medidas deveremos tomar”, disse Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Fonte: Imirante

Comentários