Cais de São José de Ribamar com seus erros de projeto e execução

O titular do blog, Jamys Gualhardo, fez uma pesquisa de campo hoje na cidade São José de Ribamar, em sua nova obra prima, o Cais . Porém algumas críticas construtivas podemos fazer após conversar com alguns moradores e turistas.

Pontos a ser destacados

1- Fizeram um projeto de milhões para atrair turista e não fizeram um quiosque para que às pessoas podessem consumir algo, o que geraria renda ao município e empregos (direto e indireto)

2- Hoje, dia 02, enquanto nós estavamos lá, mais 300 pessoas visitaram o local, e não tinha nenhum banheiro! Isso mesmo, não foi feito nenhum banheiro público e não tinha nem banheiro químico.

3- O cais antigo tinha como objetivo principal a função de comercialização de peixe e mariscos e no novo projeto não vi nenhuma contrapartida para suprir essa situação aos pescadores.

O local ficou muito bonito com total mudança do anterior, mas esses pontos ficaram muito evidentes após conversa com alguns visitantes.

Em analogia:

No cais da ponta d’areia existe às três coisas acima supracitadas, e vemos a verdadeira função turística sendo cumprida de forma eficaz com turista,  atividades artísticas e comerciais.

Em Fortaleza, existe um cais e há um local onde comemos peixe frito, camarão, lagosta ao desembarcar dos barcos e direto consumir, na Av. Beira Mar, isso sim estimula o turismo (tanto é que lembro).

Fica a dica para melhoramento do local….

Comentários