Vergonha: Documento é afanado da Câmara Municipal de São José de Ribamar

O blog Jamys Gualhardo traz a informação drástica da Câmara Municipal de São José de Ribamar , na sessão ( extraordinária) desta terça-feira , dia 05, a discussão começou curiosamente sobre o título de cidadão ribamarense à Jota Pinto , foi solicitada a ata de aprovação de 2011 , feita por decreto e aprovada por unanimidade naquela ocasião , segundo o vereador Negão e a vereadora Elisabeth Malheiros , isso se deu curiosamente por um determinado vereador que é pré-candidato à prefeito mas já é uma raposa velha de sete mandatos.

Entretanto , fizemos uma pequena e rápida busca “in loco” , e averiguamos que o documento sumiu misteriosamente do arquivo daquela casa . O blog aguardou até o final da sessão para saber se apareceria o tal documento mas infelizmente não apareceu , e o pior é que a própria câmara emitiu vários convites para políticos , jornalistas e lideranças locais para participar do evento , que aconteceria nesta quinta-feira, dia 07.

Outra situação tão importante quanto , é que na busca que fizemos , sabemos que a responsável pelo setor de arquivo se chama , Adriana Lima, que é cunhada de um dos vereadores que indagaram pela ata . Pode ser mera coincidência, mas cabe aos órgãos fiscalizadores à investigação, se há a constância de sumiço de documentos no órgão, que pode chegar a ser criminoso , não por essa situação, mas por outras que possam ter acontecido, vale ressaltar que se a Adriana Lima não for concursada efetiva da câmara , está ocorrendo o crime de nepotismo , e vale ser investigado também.

Outra situação grave , uma liderança ba$tante conhecida da cidade balneária , antes do suposto sumiço , afirmava categoricamente em grupos de WhatsApp ( pode ser comprovado pelo histórico das mensagens e prints) que não achariam o tal documento.

A situação foi tão constrangedora para a casa que chegou a emitir nota de esclarecimento e remarcará a entrega do título .

Veja :

Comentários