Ministério Público investigará se prefeitura permitiu “guarita irregular” na rua de Eliziane Gama

A Promotoria de Justiça Especializada da Comarca de São José de Ribamar está investigando se a prefeitura municipal feriu o principio da impessoalidade, ao permitir que uma Guarita de Segurança fosse instalada no meio da rua onde a senadora Eliziane Gama reside, no bairro do Araçagy.

Após denúncias de moradores e da imprensa, foi instaurada a Noticia de Fato nº 004/2019/PJE/SJR, que investiga a construção irregular na Avenida Vilage Bonaza.

Denúncia feita em 2017…

Conforme foi amplamente denunciado, em 2017, o então prefeito Luís Fernando Moura da Silva (PRB) autorizou agentes da Blitz Urbana à demolir construções irregulares no município. A autorização só atingiu moradores da periferia da cidade.

Documentos e fotos mostraram que a rua, que ainda não era pavimentada, tinha uma guarita no meio da via, dificultando o acesso de populares. Mesmo com diversas denúncias, nada foi feito.

Logo em seguida, o Governo do Estado pavimentou a rua onde a senadora reside, ainda assim, a construção permaneceu intocável.

Agora, o Ministério Público quer saber se houve ato de improbidade administrativa, e porque o gestor municipal permitiu a permanência da construção.

Fonte : Maramais

Comentários