Em Palmeirândia , entrada de hospital tem buracos e lama;’contaminação’

Pacientes que buscam atendimento no Hospital Municipal Padre Bento Dominici, em Palmeirândia, enfrentam transtornos para entrar na unidade devido a buracos e muita lama.

Conforme um paciente, a frente do prédio foi completamente tomada por buracos, que obstruem e dificultam o trânsito de veículos e pessoas.

“A entrada do hospital está abandonada. São inúmeras ‘crateras’ e muita lama. Isso atrapalha desde as ambulâncias, até as pessoas que vão a pé ao hospital, que precisam ficar desviando dos buracos para não cair na lama”, relata o paciente que pediu para não ter a identidade revelada.

A situação ocorre há vários meses e só piora com as chuvas, segundo o paciente. Ele cita o risco de contaminação causado pelo problema e afirma que o gestor do hospital tem conhecimento do caso.

“No verão, os buracos secam, mas agora, em pleno período chuvoso, eles estão cheios de lama e logo a gente não vai mais nem conseguir entrar no hospital, tamanho é o descaso. É uma contaminação e um risco para todos nós, mas mesmo assim o diretor [do hospital] não faz nada para resolver”, resume.

Comentários