Umbelino Junior mais uma vez declara apoio total a Greve dos professores municipais de São Luís

Ha 25 dias em greve, os professores municipais de São Luís continuam lutando por seus direitos e dignidade. Na manhã de ontem (24) os professores ocuparam a Secretaria Municipal de Educação para protestar contra o descaso que vem assolando a educação pública município. A medida extrema foi necessária devido a intransigência do prefeito Edivaldo Holanda Júnior que, mais um vez, deixa uma crise tomar proporções alarmantes.

O vereador Umbelino Júnior que acompanha a luta da categoria desde o início, esteve na SEMED e mais uma vez declarou apoio total à classe que luta por melhores condições de trabalho nas escolas, construções de creches e escolas, melhorias na qualidade da alimentação e transporte escolar, segurança qualificada nos ambientes escolares e ainda reajuste salarial de 7,64% e quitação das perdas salariais de 2012 a 2016 que somam 16,7%.

“Ontem fui o primeiro parlamentar a se juntar aos educadores na SEMED, mais uma vez, declarei apoio total; resguardarei os educadores e não permitirei que nenhuma ilegalidade seja cometida contra eles, a greve é legal. A educação do nosso município está precária. É necessário que as autoridades tenham um olhar mais humano, assim recebendo e dialogando com a classe” ressaltou o parlamentar.

Comentários