Muçulmanos assustam população da capital e do interior maranhense

Algo estranho, diversos imigrantes muçulmanos desembarcam em várias cidades do interior e na capital maranhense, e chamam a atenção da população por onde passam. O que muitos estranharam é que são somente homens, e não mulheres e suas famílias. Se eram refugiados, porque apenas homens?

Não existe muçulmano “extremista”, “mais ou menos”, ou “bonzinho”… Isso é ideia da mídia globalista multiculturalista, e do próprio clero islâmico que permite que o muçulmano minta, para que o país de sua nova moradia, absorva a dominação de forma “amigável” e silenciosa.

Todo muçulmano que pratica o Alcorão, tem que obedecer ordenanças como estas: “E quando vos enfrentardes com os incrédulos, (em batalha), golpeai-lhes os pescoços, até que os tenhais dominado, e tomai (os sobreviventes) como prisioneiros.” – Alcorão 47:4;

“Matai-os onde quer se os encontreis e expulsai-os de onde vos expulsaram, porque a perseguição é mais grave do que o homicídio. … E combatei-os até terminar a perseguição e prevalecer a religião de Deus. Porém, se desistirem, não haverá mais hostilidades, senão contra os iníquos.” – Alcorão 2:191,193. Veja as imagens abaixo:

 

Fonte: Maranhão de Verdade

 

Comentários