Trânsito: Fotosensores começarão a “Multar” no próximo mês

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), vai conceder um prazo para que os condutores de veículos se adaptem à fiscalização eletrônica. Os equipamentos começaram a ser instalados no mês de agosto sendo 30 fotossensores distribuidos nas avenidas Daniel de La Touche, Colares Moreira, Guajajaras, Santos Dumont, Lourenço Vieira da Silva, Marechal Castelo Branco, São Luís Rei de França e Carlos Cunha.

Radares e barreiras eletrônicas começaram a ser aferidos pelo Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq-MA), na noite desta segunda-feira (2), com vistas a assegurar a precisão das medições dos instrumentos. O Inmeq-MA funciona como delegacia do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), uma autarquia federal, no estado. “Após o Inmeq-MA concluir a metrológica dos fotossensores instalados nos corredores de trânsito e avenidas o condutor terá um período de adaptação”, avisou o secretário da SMTT, Canindé Barros.

Antes da aplicação das multas referentes à infração de trânsito detectado pelos equipamentos, a secretaria vai realizar uma campanha de esclarecimento. De acordo com o secretário Canindé Barros, este prazo deve ficar entre 10 e 30 dias, tempo necessário para que o público tenha conhecimento sobre a fiscalização. Neste período experimental os infratores receberão uma advertência de multa que não será computada em pontos na Carteira Nacional de Habitação ou taxa alusiva à norma de trânsito.

“Durante este período estamos pensando em enviar uma notificação aos condutores que infringirem para que funcione como alerta. Ninguém vai ser multado. É somente um alerta”, assinala o secretário que ainda estuda outros meios como instrumento de educação para o trânsito.

O Inmeq-MA deve concluir a aferição dos equipamentos até o dia 13 de outubro. A ideia é que até o dia 20 de novembro a fiscalização seja efetivamente concretizada por meio das barreiras e radares. Na sequência, a SMTT vai iniciar a instalação das 32 câmeras de fiscalização nos principais corredores de trânsito de São Luís.

Os equipamentos vão permitir que sejam fiscalizadas as faixas preferenciais e transgressões costumeiras do trânsito como estacionamento em fila dupla, fechamento de cruzamentos, entre outras. “Vai permitir também que sejam deslocadas equipes da SMTT para atender casos de colisões, de obstrução no trânsito entre outros casos”, explica Canindé Barros.

 

Fonte : Agência São Luís

Ein Kommentar

  1. Será que agente pode multar a prefeitura pela qualidade do asfalto e, falta de faixas de pedestre e péssima qualidade das rampas, calçadas e meio-fio da cidade inteira?

    Se pudesse, eu faria isto imediatamente.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *